Forum ViSiBLe

Bem Vindo
Se registrares neste fórum, podes fazer parte da nossa comunidade.Prezamos aqui pela participação ACTIVA de cada membro.


Atençao: Nao precisa Confirma a sua conta no hotmail (Basta Registrar e Começar a participar do forum.)

WWW.FORUMVISIBLE.COM

Temos vagas na STAFF !! Clique Aqui!

Prefeitura pretende implantar sistema que troca lixo reciclável por créditos na conta de energia elétrica

Compartilhe
avatar
MrViSiBLe
Administrador
Administrador

Número de Mensagens : 3779
Idade : 25
Localização : Cuiaba
Agradecimentos Agradecimentos : 864
Data de inscrição : 10/12/2008

Prefeitura pretende implantar sistema que troca lixo reciclável por créditos na conta de energia elétrica

Mensagem por MrViSiBLe em 9/15/2010, 14:46

Semeia e a Eletroacre comprometeram-se em elaborar projeto para Rio Branco Ascom PMRBO secretário Municipal de Meio Ambiente (Semeia), Arthur Leite, participou na sexta-feira, 9, no auditório da Federação dos Trabalhadores Rurais do Acre (Fetecre), de palestra ministrada pelo engenheiro da Companhia Enérgica do Ceará (Coelce), Odailton Silva de Arruda. Arruda veio a Rio Branco divulgar o Programa Ecoelce, desenvolvido no Ceará desde 2006.“Se trata de um experimento que está se mostrando como um novo conceito de relacionamento com os seus consumidores, principalmente, os de baixa renda, além de facilitar ações sociais e ambientais a quem tem menor poder aquisitivo. Consiste basicamente na troca de lixo reciclável por créditos na conta de energia elétrica dos consumidores, com destinação do material recolhido à indústria de reciclagem”, explicou Odailton Silva.
O principal objetivo do programa é organizar um sistema de coleta seletiva de resíduos sólidos com valor de mercado; propiciando a liquidez das contas de energia da população, mas não somente os de baixa renda, qualquer consumidor pode participar.

O programa estrutura-se por meio da implantação de postos de coleta de resíduos recicláveis nas comunidades alvo e também de pontos itinerantes. Nestes pontos ficam instalados uma balança e uma máquina POS (equivalente às máquinas de cartão de crédito) e uma pessoa que faz a operação dos equipamentos. Cada cliente que se cadastra na Coelce recebe um cartão magnético. No momento que recebe o cartão, também recebe orientações para a separação dos resíduos recicláveis. Então o cliente participante, volta para casa e começa a separação dos materiais que são recicláveis dos que não são. Depois leva esse material até um dos pontos de coleta, onde os resíduos são pesados separadamente por tipo de material, sendo que cada material possui um valor de mercado, no final tudo é registrado automaticamente por meio do cartão e da máquina POS e o cliente recebe então os bônus na conta de energia proporcionalmente à quantidade de resíduos recicláveis ofertados.

Em Rio Branco, a prefeitura busca como parceiros a Eletroacre, para a aquisição das máquinas, dos cartões e para a manutenção dos postos de coleta e a Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis e Reutilizáveis do Acre (Coopercatar) que ficaria responsável pelo gerenciamento dos postos.

O presidente da cooperativa Catar, Francisco Correa Martins, se diz muito contente com a implantação do programa em Rio Branco e que “o sistema fará com que a adesão à coleta seletiva aumente significativamente.”

Depois da palestra, a Semeia e a Eletroacre comprometeram-se em elaborar um projeto para Rio Branco, com as devidas adaptações necessárias às peculiaridades da cidade.

Segundo Odailton Silva de Arruda, “no Ceará a adesão ao programa é tanta que em muitos domicílios as contas de energia são zeradas, chegando até ao fato de alguns créditos ficarem para o mês seguinte”, salientou.

Participaram da palestra a vereadora Ariane Cadaxo; o presidente da Eletroacre, Celso Santos Mateus; o presidente da cooperativa Catar, Francisco Correa Martins; representantes da secretaria Estadual de Meio Ambiente e da secretaria Municipal de Planejamento.

    Data/hora atual: 7/20/2018, 02:22